MARIA, MÃE DOS DISCÍPULOS MISSIONÁRIOS DE JESUS CRISTO

Criação da Diocese

Em março de 1977 Dom Orlando Dotti Bispo de Barra na época, veio a Barreiras e instalou a “Comissão para a criação da Diocese de Barreiras” que assumiu a tarefa de construir a sede do bispado. Muitas pessoas da paróquia ajudaram nesse trabalho. Dom Orlando preparou toda a documentação e a entregou na Nunciatura junto com Padre Ricardo Weberberger e Irmã Flávia, no dia 27 de julho de 1977. No ano seguinte, 1978, a festa de São João Batista teve como tema a criação da nova Diocese.

Nessa época moravam no território da futura Diocese os seguintes padres: Pe. Ricardo weberberger, Pe. Geraldo Lang, Pe. Gunther Gnadliger, Mons. Francisco Waldemar Antunes, Mons. Armindo de Oliveira Magalhães, Pe. José Bergésio e Frei Arnoldo Stock. Eles organizaram a preparação da Diocese, da Construção do Bispado e de outros assuntos relativos.

Em 23 de maio de 1979 chegou a comunicação da criação da Diocese de Barreiras e a nomeação do Pe. Ricardo Weberberger como 1º Bispo Diocesano. No dia 08 de julho do mesmo ano, o Mons. Armindo de Oliveira Magalhães comunicou ao povo oficialmente este fato e leu o decreto pontifício na Missa dominical. O Mons. Ricardo viajou para a Áustria e no dia 11 julho de 1979 foi ordenado Bispo no Mosteiro de Kremsmüenster.

No dia 24 de agosto Dom Ricardo voltou da Àustria e, pouco depois, no dia 26, o Cardeal Arcebispo de Salvador Dom Avelar Brandão Vilela, deu-lhe a posse como 1º Bispo da Diocese. Apesar de grandes distâncias, vieram vários Bispos da Bahia e, junto com o povo de Barreiras, participou com grande entusiasmo dessa festa, que foi um marco para a Igreja Católica da região.

Voltar