MÃE RAINHA TRÊS VEZES ADMIRÁVEL DE SCHOENSTATT

Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt é um movimento católico mariano fundado em Schönstatt, na Alemanha, em 1914, pelo Pe. Joseph Kentenich. É o centro e origem mundial do Movimento, que tem como objetivo a renovação religiosa e moral das pessoas por meio da educação.

Schoesntatt (Schönstatt – significa Belo Lugar) é uma região da cidade de Vallendar, próximo de Coblença.

Esse movimento ficou conhecido como “Aliança de Amor de 1914”. Em 18 de outubro desse mesmo ano, foi oficializada a Obra de Schoesntatt.  Em 1915, os fiéis deram o nome de “Maria Três Vezes Admirável” à imagem colocada na capelinha de São Miguel, que é uma cópia do quadro original pintado por Crosio, um pintor italiano do século XIX. Maria é venerada como intercessora junto à Deus, alcançando graça a seus devotos: a graça do abrigo espiritual, a graça da missão e da fecundidade apostólica.

Réplicas dessa capelinha percorrem as casas dos fiéis e muitos têm sido os relatos de peregrinos que acorrem a santuários dedicados à Nossa Senhora de Schoenstatt que então se espalharam pelo mundo inteiro.  A todos os que procuram os santuários são dedicadas três graças: a do abrigo espiritual, a da transformação interior e a da missão apostólica.

 

EQUIPE DIOCESANA

Coordenação:
Hildené Vaz de Souza Soares
Expedito Pires Soares

E-mail: ildenervaz@hotmail.com

Voltar